Analista Judiciário – Arquivologia

Publicado por Agilizas Concursos 30/03/2020 - 15:50 PM
0 min. leitura
Analista Judiciário - Arquivologia 1
Analista Judiciário - Arquivologia 2

Simulado com questões de Analista Judiciário - Arquivologia para concursos.

1. (CONSULPLAN) - As dificuldades impostas ao acesso dos documentos públicos
correntes passam, muitas vezes, pela falta de tratamento técnico eficiente e pela cultura dos seus usuários, que são os:
I. administradores.
II. cidadãos.
III. advogados.
IV. integrantes do Poder Judiciário.
Assinale:
2. (FCC) - Quando diretor do Arquivo Nacional (1958-1964), José Honório Rodrigues preocupou-se com a modernização da instituição e com sua transferência para a nova capital do país. Quis, para tanto, ouvir a opinião de um especialista na área, e conseguiu a vinda do:
3. (CONSULPLAN) - A definição de um conjunto de documentos, como constituinte
de um fundo de arquivo, está condicionada ao fato de que o produtor
I. possua existência jurídica.
II. tenha determinações legais de atribuições precisas.
III. não seja subordinado a outras esferas administrativas.
IV. tenha acumulado um volume de documentos que justifique a organização.
Assinale:
4. (CONSULPLAN) - Na metade dos anos 90, a Arquivologia brasileira foi marcada pela discussão em torno da Arquivística Integrada que, como linha de pensamento:
5. (FCC) - Em decorrência de acordo de cooperação técnica firmado em 2009 entre órgãos da administração da justiça, fixaram-se padrões de intercâmbio de informações de processos judiciais para implementação de funcionalidades no âmbito dos sistemas eletrônicos de tramitação processual. Tais padrões integram:
6. (FCC) - O Dicionário brasileiro de terminologia arquivística associa a teoria das três idades ao ciclo vital dos documentos porque:
7. (FCC) - Dentre os principais objetivos de uma política pública voltada para os arquivos destacam-se os de:
8. (FCC) - A cada novo usuário, e até mesmo pela simples possibilidade de um novo usuário, o documento permanece aberto e, obviamente, também o seu contexto. Esta afirmação de Verne Harris (1997) ilustra o que se costuma chamar, no âmbito da teoria arquivística, de postura:
9. (FCC) - O Código de Deontologia do Conselho Internacional de Arquivos, em seu segundo item, dispõe que os arquivistas tratam, selecionam e mantêm os arquivos no seu contexto histórico, jurídico e administrativo, respeitando, desse modo, o princípio da:
10. (CONSULPLAN) - As atividades de conservação estabelecem a necessidade da observância de um conjunto de fatores nem sempre perceptíveis. De qualquer maneira, dentre as recomendações propostas pelo CONARQ, como parâmetro de preservação dos documentos de arquivo, estão:
I. produção e acesso.
II. manuseio e transporte.
III. áreas de armazenamento.
IV. acondicionamento.
Assinale:
11. (FCC) - A Revolução Francesa foi marco importante na história da Arquivologia porque, entre outros avanços, propiciou:
12. (CONSULPLAN) - A organicidade, enquanto propriedade que diferencia os documentos de arquivo, dos demais tipos de registros, pode ser justificada enquanto produto:

Compartilhe